Blog Catolicismo

Seja bem-vindo ao Blog Catolicismo

Este Blog se propõe a divulgar o catolicismo segundo princípios da Igreja Católica Apostólica Romana. Os criadores do Blog, não estão autorizados a falar em nome da Igreja, não são Sacerdotes e nem donos da verdade. Buscam apenas ser humildes e anônimos missionários na Internet. É também um espaço para postagem de orações, comentários e opiniões.
Defendemos a Igreja conservadora. Acreditamos em DEUS e nos entregamos nos braços de MARIA. Que DEUS nos ilumine e proteja.

Você é o Visitante nº desde 3 janeiro 2014

Flag Counter

AdSense

Seguidores = VOCÊS são um dos motivos para continuarmos nosso humilde trabalho de Evangelização

terça-feira, 25 de setembro de 2012

As imundas, doentes e assassinas pró aborto precisam ser combatidas em todas as frentes



28 de setembro: dia de lutar contra o aborto 

No dia 28 de setembro de 2012, grupos feministas irão tentar promover o odioso “Dia Internacional do Aborto Seguro e Legal”. (N.do E.: As abortistas já declararam também que pretendem realizar a "ocupaçãovirtual" de igrejas e monumentos públicos.) Temos a obrigação de defender nossas crianças contra esta aberta apologia ao crime.

Neste mesmo dia, em diversas cidades do Brasil haverá campanhas e eventos diversos para promoção do combate ao aborto. Aos católicos, digo que procurem seus párocos e peçam para que eles fiquem atentos, pois poderá ocorrer tentativa de invasão de grupos feministas radicais, semelhantemente o que aconteceu durante a Marcha das Vadias no Rio de Janeiro.
No Rio de Janeiro, haverá a partir das 16h00 um ato civil no auditório da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ). Logo em seguida, seguiremos para o Largo da Carioca e lá faremos uma distribuição pacífica de panfletos para conscientização das pessoas do crime do aborto e a sua promoção.
Todos os católicos estão não convidados, mas intimados a ir, pois precisamos manifestar nossa fé e deixar claro aos promotores da cultura da morte que eles podem querer tirar o direito de bebês indefesos de nascer, mas não conseguirão.
É hora de defender aqueles que não o podem fazer ainda. As crianças de todo o Brasil precisam de nós.

Setembro negro da América Latina

Leia abaixo o documento do grupo estelionatário, satanista e abortista “Católicas pelo direito de decidir” (retirado deste endereço):

SOBRE O ABORTO E A REFORMA DO CÓDIGO PENAL
28 de Setembro - Dia pela Legalização do Aborto na América Latina e Caribe
Aborto legal e seguro: uma questão de direitos, uma questão de democracia
O Código Penal brasileiro deve sofrer uma ampla reforma, pois nele há anacronismos que, em pleno século 21, não são mais adequados para a sociedade em que vivemos.

O projeto de lei PLS 236/2012, que passou a tramitar no Senado Federal a partir de junho último, será analisado e votado nos próximos meses. É importante frisar que o PLS 236/2012 é fruto de amplos debates, realizados não somente por especialistas da área jurídica, mas também pela sociedade civil. Queremos então, por meio desta nota, expressar a posição de Católicas pelo Direito de Decidir sobre a proposta de modificação da lei que criminaliza o aborto
. [vocês não são católicas e sim criaturas do demônio que simulam ser católicas para enganar os incautos – mas, não conseguirão. Serão derrotadas.]
No Código Penal atual, o aborto é considerado crime (desde a década de 1940!) e não é punido somente em caso de gravidez resultante de estupro e se a gestante sofrer risco de morte. A criminalização do aborto tem trazido gravíssimas consequências para a saúde das mulheres brasileiras, afetando especialmente as mais pobres, as negras e as jovens. [o verme, a mulher que aborta não é mulher e sim um verme, que planeja assassinar o ser humano inocente e indefeso que traz dentro de si, ao perder sua saúde estará colhendo os frutos do mal que ela mesma praticou e portanto se tornou merecedora, enquanto a criança que ela assassina ou tenta assassinar é vítima inocente e indefesa.
Somos humanos e não temos forças para vencer o desejo de punir essas pragas que são chamadas de humanas.]
Por ser feito de forma clandestina, provoca 602 internações diárias por infecção, 25% dos casos de esterilidade e 9% dos óbitos maternos em nosso país. É a terceira maior causa para morte materna no Brasil. Ou seja, a criminalização do aborto causa um grave caso de saúde pública e não contribui para a vida das mulheres! [mulheres, não abortem e não sofrerão as seqüelas do crime que covardemente cometem.]

A proposta do PLS 236/2012 autoriza que o aborto seja realizado:

a) se a gravidez for resultado do uso de técnicas de reprodução assistida sem consentimento da mulher; b) se o feto tiver anomalias graves e incuráveis que inviabilizem a vida fora do útero, desde que atestadas por dois médicos; e c) até a 12ª semana de gravidez, desde que um médico ou psicólogo ateste que a mulher não terá condições de arcar com a maternidade. Ainda que o aborto permaneça criminalizado, com pena menor, trata-se de avanços consideráveis que poderão salvar a vida e resgatar a dignidade de milhares de mulheres.
[temos que partir para o ataque, ou seja, enquanto os vermes chamados de mulheres buscam que o assassinato de seres humanos inocentes e indefesos não seja criminalizado, temos que lutar para que o assassinato de seres humanos inocentes e indefesos, o maldito aborto, passe a ser considerado crime hediondo, imprescritível, inafiançável, insuscetível de graça ou indulto e punido com pena igual a do homicídio qualificado = o motivo é torpe – na maior parte das vezes movido apenas pela comodidade da mulher -, a vítima não pode se defender e é inocente e o método utilizado é cruel.] 

Dessa forma, como mulheres católicas - e ancoradas no próprio ideário cristão -, vimos a público para expressar nosso total apoio às propostas relativas ao aborto presentes no PLS 236/2012. Trata-se de um primeiro passo, mas muito importante para começarmos a cuidar da saúde e da vida de mulheres que hoje sofrem com a clandestinidade do aborto.
Louvamos a iniciativa e esperamos que nossos/as senadores/as sejam sensíveis à injustiça social que a criminalização do aborto provoca, ou seja, reivindicamos que votem favoravelmente a proposta sobre aborto presente no PLS 236/2012. E permaneceremos em campanha pela legalização do aborto até que nenhuma mulher seja estigmatizada, presa ou morta por uma gravidez não desejada.
 São Paulo, 28 de setembro de 2012

Católicas pelo Direito de Decidir [as mulheres integrantes desse lixo se declaram católica, mas são criaturas do Satanás e buscam apenas enganar os incautos.]
Cantora abortista interpreta música “Ventre livre de Feto”. A canção inicia-se com o seguinte verso: “Nasceu mais um fruto do acaso". Clique aqui para ouvir a imundície


É isto exatamente que vimos. Estas senhoras querem implantar o assassinato de milhões de crianças no Brasil e em toda a América Latina e Caribe. Pois bem senhoras, venham com o inferno e todas suas potestades, pois a nossa frente virá Nosso Senhor Jesus Cristo e a Virgem Santíssima. Vamos vem quem levará a melhor.

Palavras duras foram usadas, mas, em certos momentos o comportamento dessas assassinas torna dificil seguir os ensinamentos cristãos.

Editores do Blog Catolicismo

Nenhum comentário: