Blog Catolicismo

Seja bem-vindo ao Blog Catolicismo

Este Blog se propõe a divulgar o catolicismo segundo princípios da Igreja Católica Apostólica Romana. Os criadores do Blog, não estão autorizados a falar em nome da Igreja, não são Sacerdotes e nem donos da verdade. Buscam apenas ser humildes e anônimos missionários na Internet. É também um espaço para postagem de orações, comentários e opiniões.
Defendemos a Igreja conservadora. Acreditamos em DEUS e nos entregamos nos braços de MARIA. Que DEUS nos ilumine e proteja.

Você é o Visitante nº desde 3 janeiro 2014

Flag Counter

AdSense

Seguidores = VOCÊS são um dos motivos para continuarmos nosso humilde trabalho de Evangelização

domingo, 6 de maio de 2012

Evangelho do dia

EVANGELHO COTIDIANO

Senhor, a quem iremos? Tu tens palavras de vida eterna. João 6,68


5º Domingo da Páscoa

Evangelho segundo S. João 15,1-8.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Eu sou a videira verdadeira e o meu Pai é o agricultor. Ele corta todo o ramo que não dá fruto em mim e poda o que dá fruto, para que dê mais fruto ainda. Vós já estais purificados pela palavra que vos tenho anunciado.
Permanecei em mim, que Eu permaneço em vós. Tal como o ramo não pode dar fruto por si mesmo, mas só permanecendo na videira, assim também acontecerá convosco, se não permanecerdes em mim. Eu sou a videira; vós, os ramos. Quem permanece em mim e Eu nele, esse dá muito fruto, pois, sem mim, nada podeis fazer.
Se alguém não permanece em mim, é lançado fora, como um ramo, e seca. Esses são apanhados e lançados ao fogo, e ardem.
Se permanecerdes em mim e as minhas palavras permanecerem em vós, pedi o que quiserdes, e assim vos acontecerá.
Nisto se manifesta a glória do meu Pai: em que deis muito fruto e vos comporteis como meus discípulos.»



Da Bíblia Sagrada - Edição dos Franciscanos Capuchinhos - www.capuchinhos.org



Comentário ao Evangelho do dia feito por: Bem-aventurada Teresa de Calcutá (1910-1997), fundadora das Irmãs Missionárias da Caridade


«Permanecei em Mim, que Eu permaneço em vós.»

Amai a oração. Frequentemente, ao longo do dia, procurai sentir a necessidade de orar e, nesses momentos, esforçai-vos por fazê-lo. A oração expande o coração ao ponto em que ele poderá conter o dom que Deus nos faz de Si próprio. «Pedi, procurai» (Lc 11,9) e o vosso coração expandir-se-á o suficiente para O receber.

A seguinte oração, extraída do livro de orações da nossa comunidade, foi escolhida entre as que recitamos todos os dias. Que ela vos ajude. [...]

«Tornemo-nos ramos autênticos e ricos em uvas da vinha de Jesus, acolhendo-Ona nossa vida como Lhe aprouver vir:
como Verdade ¬ para a dizer;
como vida para a viver;
como Luz para iluminar;
como Amor para ser amado;
como Caminho para o percorrer;
como Alegria para a dar;
como Paz para a propagar;
como sacrifício para o oferecer,
na nossa família e à nossa volta.»

Nenhum comentário: