Blog Catolicismo

Seja bem-vindo ao Blog Catolicismo

Este Blog se propõe a divulgar o catolicismo segundo princípios da Igreja Católica Apostólica Romana. Os criadores do Blog, não estão autorizados a falar em nome da Igreja, não são Sacerdotes e nem donos da verdade. Buscam apenas ser humildes e anônimos missionários na Internet. É também um espaço para postagem de orações, comentários e opiniões.
Defendemos a Igreja conservadora. Acreditamos em DEUS e nos entregamos nos braços de MARIA. Que DEUS nos ilumine e proteja.

Você é o Visitante nº desde 3 janeiro 2014

Flag Counter

AdSense

Seguidores = VOCÊS são um dos motivos para continuarmos nosso humilde trabalho de Evangelização

domingo, 24 de junho de 2012

Evangelho do dia

EVANGELHO COTIDIANO


Senhor, a quem iremos? Tu tens palavras de vida eterna. João 6, 68


Nascimento de Saõ João Baptista - solenidade


Evangelho segundo S. Lucas 1,57-66.80.

Naquele tempo, chegou a altura de Isabel ser mãe e deu à luz e um filho.

Os seus vizinhos e parentes, sabendo que o Senhor manifestara nela a sua misericórdia, rejubilaram com ela.

Ao oitavo dia, foram circuncidar o menino e queriam dar-lhe o nome do pai, Zacarias.
Mas, tomando a palavra, a mãe disse: «Não; há-de chamar se João.»
Disseram-lhe: «Não há ninguém na tua família que tenha esse nome.»
Então, por sinais, perguntaram ao pai como queria que ele se chamasse.
Pedindo uma placa, o pai escreveu: «O seu nome é João.» E todos se admiraram.
Imediatamente a sua boca abriu-se, a língua desprendeu-se-lhe e começou a falar, bendizendo a Deus.

O temor apoderou-se de todos os seus vizinhos, e por toda a montanha da Judeia se divulgaram aqueles fatos.
Quantos os ouviam retinham-nos na memória e diziam para si próprios: «Quem virá a ser este menino?» Na verdade, a mão do Senhor estava com ele.
Entretanto, o menino crescia, o seu espírito robustecia-se, e vivia em lugares desertos, até ao dia da sua apresentação a Israel.

Comentário ao Evangelho do dia feito por Liturgia Bizantina
Lucernário das Grandes Vésperas da festa da Natividade de João Baptista

«E reconduzirá muitos dos filhos de Israel ao Senhor, seu Deus. Irá à frente, diante do Senhor, [...] a fim de proporcionar ao Senhor um povo com boas disposições.» (Lc 1,16-17)

Neste dia vem ao mundo o grande Percursor,
fruto do seio da estéril Isabel.
É o maior entre os profetas;
nenhum outro surgiu como ele (Mt 11,11),
pois ele é a candeia (Jo 5,35) que antecede de perto a claridade suprema
e a voz (Mt 3,3) que precede o Verbo.
Ele conduz a Cristo a Igreja, Sua noiva (Jo 3,29),
e prepara para o Senhor um povo escolhido,
purificando-o com a água, aguardando o Espírito.


De Zacarias nasce essa planta jovem,
a mas bela entre os filhos do deserto,
o arauto do arrependimento,
o que purifica pela água (Lc 3,16) os que se transviavam,
que leva, como percursor (Lc 1,17), o anúncio da ressurreição
até à casa dos mortos (Mc 6,28),
e que intercede pelas nossas almas.


Desde o seio de tua mãe, bem-aventurado João,
tu foste o profeta e o percursor de Cristo:
estremeceste de alegria
vendo a Rainha vir até junto da serva,
levando a ti Aquele que o Pai gera sem mãe desde toda a eternidade (Lc 1,40),
tu, que nasceste de uma mulher estéril e dum velho,
segundo a promessa do Senhor (Lc 1,13)
pede-Lhe para ter piedade das nossas almas

Nenhum comentário: