Blog Catolicismo

Seja bem-vindo ao Blog Catolicismo

Este Blog se propõe a divulgar o catolicismo segundo princípios da Igreja Católica Apostólica Romana. Os criadores do Blog, não estão autorizados a falar em nome da Igreja, não são Sacerdotes e nem donos da verdade. Buscam apenas ser humildes e anônimos missionários na Internet. É também um espaço para postagem de orações, comentários e opiniões.
Defendemos a Igreja conservadora. Acreditamos em DEUS e nos entregamos nos braços de MARIA. Que DEUS nos ilumine e proteja.

Você é o Visitante nº desde 3 janeiro 2014

Flag Counter

AdSense

Seguidores = VOCÊS são um dos motivos para continuarmos nosso humilde trabalho de Evangelização

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Peregrinação da JMJ irá da Central a Copacabana



Moradores de Copacabana reclamam de mudança de última hora
Com desistência de Guaratiba, bairro terá 4 dias seguidos de eventos da Jornada
Rota terá 9,5km; prefeito pediu compreensão dos moradores do bairro da Zona Sul
Segundo Paes, segurança de quem optar por dormir na praia será mantida
Vigília e missa de encerramento seriam realizadas no Campus Fidei, em Guaratiba, que foi tomado pela lama
O prefeito Eduardo Paes anunciou em coletiva na manhã desta sexta-feira que será criado um corredor para que peregrinos possam caminhar até Copacabana, na Zona Sul, para onde foram transferidas a vigília e a missa de encerramento da Jornada Mundial da Juventude (JMJ). Os eventos seriam realizados no Campo Fidei, em Guaratiba, na Zona Oeste, que foi tomado pela lama. Paes ressaltou a peregrinação foi mantida já que é parte do ritual das vigílias em todas as Jornadas. Por conta da mudança de local, os peregrinos poderão seguir a pé da Central do Brasil até Copacabana. 

O secretário municipal de Transportes, Carlos Roberto Osorio, disse que a rota de peregrinação terá 9,5km entre a Central do Brasil e Copacabana. O trajeto passará pela Avenida Presidente Vargas, Avenida Rio Branco, Aterro do Flamengo, Enseada de Botafogo, Avenida Lauro Sodré e Avenida Atlântica. A rota estará aberta das 7h de sábado às 19h de domingo.

O prefeito Eduardo Paes iniciou a coletiva pedindo compreensão dos moradores do bairro da Zona Sul: — Peço compreensão da população. Sabemos o constrangimento que gera aos moradores de Copacabana, mas vamos dar atenção a eles no sentido de minimizar o impacto e vamos ser flexíveis de acordo com as necessidades.

O bairro de Copacabana, segundo Osorio, também estará fechado das 12h de sábado às 19h de domingo. De acordo com Osorio, quem não quiser fazer a rota de peregrinação poderá acessar o o bairro de Copacabana por meio de ônibus convencionais até Botafogo, Ipanema, Lagoa ou por meio do metrô, que funcionará 24 horas. De acordo com o secretário, o esquema de ônibus montado para levar os peregrinos até Guaratiba será reforçado agora para o trajeto contrário, para levar os peregrinos da Zona Oeste à Zona Sul, atendendo fiéis que optaram por estar mais próximos do Campus Fidei.

Osorio informou que não haverá bolsão de estacionamento para ônibus fretados por peregrinos na Enseada de Botafogo. Os coletivos ficarão retidos na Ilha do Fundão, onde haverá reforço de ônibus em direção à Zona Sul. Os 350 mil peregrinos inscritos para participar da vigília deverão retirar os kits no Monumento aos Pracinhas, no Aterro do Flamengo, a partir das 7h de sábado.

Paes: segurança de quem dormir na praia será mantida
A vigília será permitida em Copacabana, e o prefeito garantiu a segurança dos peregrinos: — As forças de segurança estarão aqui, e tenho certeza que não haverá problema para quem optar por dormir na praia. Segundo Paes, a vigília na Praia de Copacabana só não terá o mesmo conforto que em Guaratiba, onde os banheiros foram separados por quarteirões: — Estamos trazendo mais banheiros de Guaratiba para reforçar Copacabana, e todos os serviços básicos foram transferidos também para a Zona Sul.

Na praia, vão atuar 1.600 homens da Guarda e da CET-Rio, e 32 painéis luminosos orientarão motoristas e peregrinos sobre as interdições em Copacabana. O prefeito disse, ainda, que a saída de 2 milhões de pessoas de Copacabana não pode ser sem fila. — Não se escoa 2 milhões de pessoas de maneira rápida. É preciso que as pessoas compreendam que a saída será mais lenta — disse o prefeito.

O Metrô Rio anunciou que não haverá pré-venda de ingressos para sábado e domingo, uma vez que não há tempo hábil. Todos os tickets serão aceitos, inclusive o cartão peregrino. Eduardo Paes disse lamentar a não realização do primeiro evento de proporção internacional que a Zona Oeste receberia. Ele voltou a afirmar que não houve gasto de dinheiro público com a estrutura montada no local e afirmou que Copacabana sempre foi o plano B. — Eu não sei quanto a igreja gastou (em Guaratiba) mas imagino que tenha sido muito. Melhor preparado (o Campus Fidei) só se pavimentassem o terreno inteiro — afirmou o prefeito.
Questionado sobre a manchete do jornal Chicago Sun Times, que perguntava "Perdemos para isso?", em referência aos problemas de organização na cidade durante a Jornada, Paes disse que a cidade norte-americana está com inveja do Rio: — Chicago tá morrendo de inveja. Cidade fria, cheia de conflitos. Não vamos transformar tudo que a gente faz nesse complexo de vira-lata.

Local muda, mas programação está mantida
Apesar da mudança do local, o padre Márcio Queiroz, diretor de comunicação da Jornada Mundial da Juventude, disse, nesta quinta-feira, que a programação do final de semana está mantida. No entanto, houve mudança no horário da vigília, que tem previsão de início às 19h30m, com duração de até duas horas, terminando por volta das 21h30m. Já o horário da missa será o mesmo anunciado inicialmente, às 10h de domingo.

Fonte: O Globo

Nenhum comentário: